Bate-papo com a Especialista: Edição Outubro Rosa

O movimento Outubro Rosa foi criado com objetivo de compartilhar informações sobre o câncer de mama e promover a conscientização sobre a importância da detecção precoce da doença. Ele teve seu início na década de 1990, e desde então, a data é promovida anualmente.

O câncer de mama pode ser caracterizado a partir da multiplicação rápida e desordenado das células das mamas, que formam tumores. Há vários tipos de câncer de mama. Alguns tipos têm desenvolvimento rápido enquanto outros são mais lentos. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA) é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres, após o de pele não melanoma.

E para entender melhor sobre essa doença, conversamos com a Dra Mariana Dietz, ginecologista e obstetra da Clínica Biolight.

Entrev_DrMariana

 

1) Sabemos que ser mulher já é um risco para desenvolver o câncer de mama,  mas existem outros fatores que podem influenciar no surgimento da doença?

Sim, existem outros fatores além do fato de ser mulher, como a idade, fatores genéticos/hereditários, fatores endócrinos/historia reprodutiva e fatores comportamentais/ambientais, como ingestão de Bebida alcoólica, sobrepeso, obesidade.

 

2)  Sobre o exame clínico: por quem é realizado e qual a sua importância?

O exame clinico é realizado pelo medico ginecologista ou mastologista e é importante para a detecção de nódulos ou alterações visíveis nas mamas.

 

3) Quais são as suas recomendações para a realização da mamografia?

A recomendação no Brasil é que mulheres entre 50 e 69 anos façam uma mamografia a cada dois anos, para aqueles sem fatores de risco. Para as mulheres do grupo de risco, recomenda-se fazer o exame anualmente a partir de 35 anos.

 

4) Quais precauções necessárias, além dos exames, que as mulheres podem fazer para evitar o câncer de mama?

O câncer de mama na verdade não pode ser evitado ou prevenido, mas sim diagnosticado o mais cedo possível. Por isso, recomenda-se que a mulher conheça seu corpo desde o crescimento das mamas, na adolescência. Realizar o auto-exame ao menos 1 x ao mês, não fumar,  praticar exercícios físicos, evitar o consumo de bebidas alcoólicas, ter uma boa alimentação, são maneiras de controlar os fatores de risco para sua existência.
5) Você sabe como que surgiu a campanha do outubro rosa? Qual a sua opinião sobre o impacto que essa conscientização sobre a doença tem na vida dos pacientes?

O movimento outubro rosa é comemorado no mundo todo. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama, e estimula a participação da população, entidades e empresas. O movimento começou a surgir em 1990 quando aconteceu a primeira corrida pela cura, realizada em Nova Iorque, e desde então, promovida anualmente na cidade. Creio que esse movimento tem um impacto grande para esse câncer, em que é um dos mais matam mulheres no mundo e é uma forma de alertar quanto á prevenção dos fatores de risco, do diagnóstico precoce e rastreamento.

 

6) Dizem que a mulher que não tem filhos tem a maior probabilidade de ter a doença. Isso é verdadeiro? Por quê?

Sim, o fato de não ter filhos é um fator de risco para o câncer de mama, assim como a primeira gravidez acima de 30 anos de idade.

 

7) De que maneira a mulher deve proceder após o diagnóstico? E como funciona o tratamento?

A mulher deve ser acompanhada por um mastologista e oncologista para averiguarem qual o estágio do câncer e assim fazer o tratamento de acordo com esse estágio. Existem vários tipos de tratamento, a depender do estágio, como quimioterapia, retirada de parte da mama ou até mesmo a mama toda, tratamento com hormônios, radioterapia.

 

Outubro Rosa veio para ampliar a compreensão sobre os desafios no controle do câncer de mama. Porém, as ações voltadas para essa doença não se restringe apenas ao mês de outubro. É importante se cuidar, fazer os exames de rotina e ter atenção com a saúde.

 

 

sidebar.php:6
object(WP_Term)#3582 (16) {
  ["term_id"]=>
  int(1)
  ["name"]=>
  string(4) "Blog"
  ["slug"]=>
  string(4) "blog"
  ["term_group"]=>
  int(0)
  ["term_taxonomy_id"]=>
  int(1)
  ["taxonomy"]=>
  string(8) "category"
  ["description"]=>
  string(0) ""
  ["parent"]=>
  int(0)
  ["count"]=>
  int(66)
  ["filter"]=>
  string(3) "raw"
  ["cat_ID"]=>
  int(1)
  ["category_count"]=>
  int(66)
  ["category_description"]=>
  string(0) ""
  ["cat_name"]=>
  string(4) "Blog"
  ["category_nicename"]=>
  string(4) "blog"
  ["category_parent"]=>
  int(0)
}